Por Favor aguarde...
Ambiente
Imprimir    

UE elimina lâmpadas incadescentes do mercado

UE elimina lâmpadas incadescentes do mercado

A partir de Setembro não vão ser mais postas à venda as lâmpadas incandescentes de 100W, para atender ao plano da União Europeia para colocar no mercado apenas lâmpadas de baixo custo.  Esta decisão foi tomada em Dezembro de 2008.


Assim continuarão à venda as lâmpadas fluorescentes compactas - que poupam 75% de energia comparando com as incadescentes - e a as de halogéneo, contribuindo para menos  25-50% de energia.

Embora poupem mais energia, as lâmpadas economizadoras são mais caras. Outra vantagem é o facto de serem recicláveis: não podem ser deitadas no lixo, mas sem devem ser entregues no local de compra.


Estudos indicaram que as luzes fluorescentes, quando não usadas correctamente, onde haja um sobreuso, são prejudiciais à saúde, devido à emissão de luz ultravioleta e mercúrio, que podem ser prejudiciais.


31-08-2009

 

Fechar