Por Favor aguarde...
Ambiente
Imprimir    

Fenómeno El Niño está de volta

Fenómeno El Niño está de volta

No passado dia 9 de Julho, investigadores norte-americanos da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), anunciaram que o fenómeno climatérico "El Niño" regressou.


Conhecida a sua influência ao nível do clima mundial, este fenómeno caracteriza-se pelo aquecimento do Oceano Pacifico. Tem permanecido num estado neutro nos últimos anos, mas desde Junho que a temperatura da água subiu um grau Celsius na faixa do leste, junto ao Equador.

Nas regiões tropicais também se sentem níveis mais elevados, ainda a 300 metros de profundidade. A pluviosidade aumenta nas região leste do Pacifico, mas conhecem-se condições de seca na região oeste.  Assim, o regresso do "El Niño" coloca em alerta países da Ásia à América do Norte, assim como Oceania e América do Sul.

Quanto a previsões, no inverno no Hemisfério Norte, o fenómeno apresentará um desenvolvimento fraco-a-moderado, mas existe a possibilidade de se agravar posteriormente.

"El Niño" foi identificado no século XIX, e surge em ciclos de três a cinco anos.  Em 1997/1998, a  mais recente  e grave ocorrência causou a morte de duas mil pessoas e alguns milhões de dólares de prejuízos ao nível da produção devido aos graves casos de seca.


13-07-2009

 

Fechar