Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Qual a importância que dá à ecologia no dia-a-dia?

Ver Resultados

Quercus enumera 7 pecados ambientais de Portugal no dia da Terra

Quercus enumera 7 pecados ambientais de Portugal no dia da Terra

A Quercus, Associação Nacional de Conservação da Natureza, anunciou, no dia da Terra, os 7 pecados ambientais com que Portugal se depara.
Identificados como pecados de insustentabilidade, estes são os principais problemas relacionados com o ambiente que Portugal apresenta:

1. O Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável caiu no esquecimento

A cimeira das Nações Unidas sobre o Ambiente e Desenvolvimento realizou-se há 8 meses, e o prometido Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável ainda não ganhou forma. Mais uma vez as promessas do governo, continuam somente a ser promessas e sem implicações práticas.

2. A remodelação ao financiamento das autarquias não é o correcto

Numa fase em que o Governo decidiu alterar as taxas do Imposto de Selo e a contribuição autárquica é necessário ponderar o método de distribuição do financiamento público. Não se deve construir inconscientemente, há que ter em conta valores naturais e paisagísticos.

3. Portugal consume cada vez mais energia

Vivendo em tempo de crise, Portugal apresenta valores preocupantes, tendo em conta que estamos em recessão económica e continuamos a aumentar a intensidade energética do país. Isto significa que para além de estarmos a gastar muito mais energia do que era suposto para a nossa face de desenvolvimento económico, estamos também a desperdiçar, cada vez mais, energia e recursos.

4. Excesso de tráfico em circulação

O excesso de carros e transportes em circulação origina: mais gasto energético, mais emissões, mais ruído e mais congestionamento.
Portugal é um dos cinco países que está na rota para uma insustentabilidade no sector dos transportes, tendo também concentrações de poluentes muito acima da média do que é permitido pela legislação europeia.

5. Portugal desperdiça por ano 3 100 000 000 000 litros de água

Portugal consegue desperdiçar por ano vários milhões de litros de água. Apesar de existir um Programa Nacional para o Uso Eficiente de Água, este só teve parte teórico, pois nunca foi aplicado. É necessário que na agricultura, na indústria e no consumo privado, se faça um uso eficiente e sustentável da água.

6. A Conservação da Natureza ainda não passou à parte prática


Apesar de já ter sido elaborada uma Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e da Biodiversidade, muitos dos seus objectivos ainda continuam por concretizar. Os Planos de Ordenamento do Território das áreas protegidas continuam por implementar, bem como, ainda existem muitas áreas da Rede Natura 2000 por ordenar.

7. Reciclagem ainda longe dos hábitos portugueses

Reutiliza-se menos que o desejável, recicla-se menos que o esperado e no final de contas instalam-se mais incineradoras.
A reutilização de embalagens com tara de retorno verifica-se menos, e a reciclagem urbana ainda não apresenta valores significativos para o ambiente. Por sua vez, a última opção desejável é aquele que se procura mais, a incineração, ou seja, a queima de resíduos.

Posto isto, é tempo de reflectir sobre o ambiente e aquilo que será o nosso futuro próximo. Estas opções calham a todos, e todos temos que contribuir.

Tenha um papel activo para uma vida mais verde.


  • Energias Alternativas e Renováveis

    Esta secção transmite a informação sobre as alternativas às energias de origem fóssil, que já existem nos nossos dias. Vai-se dar a conhecer aqui um pouco sobre estas formas não poluentes e renováveis que em tanto podem melhorar o nosso ambiente.

  • Alimentos transgénicos

    Hoje fala-se muito de produtos transgénicos. Para se entender melhor, apelidam-se de transgénicos os alimentos geneticamente alterados em laboratório.

    Esta transformação dá-se para se tornarem mais resistentes a pragas, baixas ou altas temperaturas e herbicidas, aumentando assim a sua produção.

  • Agricultura biológica

    A agricultura biológica recupera a forma mais tradicional de produção agrícola.

  • Al Gore: Uma Verdade Incoveniente

    Este é um documento baseado na apresentação de Al Gor e e no filme An Inconvinient Truth  sobre as alterações climáticas e o aquecimento global, que permite espalhar a mensagem e ensinar as formas simples e eficazes que todos têm ao seu

  • ZMAR - O primeiro Eco camping Português

    Aquecimento global , efeito de estufa , emissões de carbono , energias alternativas , reciclagem e consciência ecológica , são tudo expressões que já nos habituámos a ouvir e que por sinal, estão cada vez mais entranhados na consciência

  • Ambiente e Vegetarianismo de mãos dadas

    Saiba como o consumo de carne vermelha é prejudicial ao ambiente.

  • 15 dicas ecológicas - passo a passo, muda-se o...

    Ajudar o ambiente não é uma tarefa fácil, mas adoptando pequenos passos, no quotidiano, já pode estar a contribuir. Existem milhares de dicas que pode seguir. Veja aqui alguns: 1- Desligue os aparelhos electrónicos. Mas desligue mesmo. Ao

  • Férias: 6 destinos ecológicos em Portugal

    Existe em Portugal vários hotéis "green" ou ecológicos à espera da sua visita! Se você gosta de fazer férias e quer ser amigo/a do ambiente, pode juntar o útil ao agradável. Veja aqui algumas das sugestões: 1 - ZMar Eco-Camping Resort & Spa , em

  • COP15: Copenhaga 2009

    Será na Conferência de Copenhaga que grandes decisões serão tomadas em relação ao rumo a seguir na causa ambiental: as medidas a ser tomadas, os orçamentos de que os países dispõem para aplicar as medidas, respeitando as novas regras, que renovarão o Protocolo de Quioto.
    Siga de perto a conferência, aqui.


  • Casas em Madeira

    As casas de madeira são o tipo de construção mais ecologicamente correcta.


    Conheça aqui todas as características e vantagens de uma construção em madeira, a cem por cento, ou apenas uma parte.


    Saiba como as casas de madeira podem ajudar a melhorar o seu bem estar e a sua saúde.




 
Votar
 

 
comments powered by Disqus