Por Favor aguarde...
Ambiente
Imprimir    

Aquecimento global: espécies migram para maiores altitudes

Aquecimento global: espécies migram para maiores altitudes

Devido às mudanças climáticas várias espécies animais e vegetais são obrigadas a migrar para altitudes mais elevadas. Este êxodo já se faz notar na América Central e na Califórnia, referem os estudos publicados na sexta-feira pela revista Science.


Os autores do estudo referem que desde há 30 anos que a temperatura nas zonas «tropicais» aumentou mais de 0,75 graus Célsius. Prevêem também uma subida em mais de 3 graus durante o século seguinte.


O aquecimento que se registará em final de século traduz-se em 600 metros de altitude, ou seja, as espécies terão de migrar essa altitude para puderem ter a temperatura de hoje, refere Robert Coldwell, um dos autores do estudo.


Afirma ainda que estas migrações já acontecem a latitudes mais temperadas, onde se registou maiores subidas de temperatura.


Já foi registado migrações de espécies vegetais, nos Alpes, no Parque Nacional de Yosemite e nas montanhas da Serra Nevada (Califórnia), como é referido noutro estudo publicado na revista Science. Registou-se também que inúmeros mamíferos migraram forçosamente para maiores altitudes, neste estudo agora publicado.


Esta publicação vem reforçar a ideia de preservação do ambiente pois o problema centra-se na migração forçosa de vários animais e plantas para puderem sobreviver às mudanças climáticas.


Estas migrações poderão nem chegar a ser realizadas devido à «mão» humana que tem vindo a destruir os habitats naturais de inúmeras espécies. Isto leva a que as espécies não consigam realizar esse êxodo.


13-10-2008

 

Fechar