Por Favor aguarde...
Ambiente
Imprimir    

Ambientalistas e Governo chegam a acordo quanto aos investimentos no litoral alentejano

Ambientalistas e Governo chegam a acordo quanto aos investimentos no litoral alentejano

Iniciou-se ontem uma semana que promete intensas negociações entre ambientalistas e os responsáveis pelos Projectos de Interesse Nacional (PIN).



O objectivo é discutir os projectos de turismo para o litoral alentejano, de modo a prosseguir com os três investimentos previstos, que marcaram a legislatura.

Ontem, o Ministro do Ambiente, Nunes Correia, juntou os ambientalistas da Quercus, do Geota, os promotores das herdades da Costa Terra, do Pinheirinho e da Comporta, e o presidente da Câmara de Grândola.

O ministro do Ambiente tenta asism demonstrar o desejo de não terminar o seu mandato sem que antes encontre uma solução para a questão. A última vez que se tinham sentado para discutir este assunto foi em Março, deste ano.

Os ambientalistas, através de tribunais e da Comissão Europeia, tinham travado o desenvolvimento dos projectos. Mas agora, as duas partes encontram-se dispostas a chegar a um acordo.

Agora cientes que o projecto "pode ser viável", os ambientalistas defendem o acordo entre as duas partes, desde que com um prazo superior aos 4 dias estipulados inicialmente.

Estes três empreendimentos turísticos, para a costa alentejana, foram considerados estratégicos e essenciais para este sector e foram publicamente promovidos pelo, agora, ex-ministro da Economia, Manuel Pinho, em 2006.


22-09-2009

 

Fechar